Lei sancionada pelo governador tem origem em projeto de lei do deputado João Leite aprovado na ALMG em dezembro de 2019

automobile-1838782 1280

Lei prevê uso quando o proprietário não se manifestar em 180 dias(Imagem: ilustração) 


 

Em decisão do governador Romeu Zema (Novo), publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (7/1/20), está autorizado o uso de veículos apreendidos em Minas por motivos de crimes ou de ilícitos administrativos, por meio da sanção da Lei 23.530. A partir de agora estes veículos poderão ser utilizados pelas forças de segurança estaduais para combate a violência e ações de prevenção à criminalidade. 

 

A nova lei tem origem no Projeto de Lei (PL) 140/19, do deputado João Leite (PSDB), aprovado no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em 10 de dezembro do ano passado. A norma prevê a utilização do veículo após um prazo de 180 sem que o proprietário o reclame.

 

Entretanto, apreensões ligadas ao tráfico de drogas não serão enquadradas na lei, já que existe legislação federal que trata do assunto - a Lei Federal 11.343, de 2006. Nesses casos, o bem é leiloado ou pode ser solicitado por órgão público e poderá ser utilizado após autorização judicial.

 

Créditos: Rede Hoje

Time Grená impôs seu ritmo e agradou aos mais de 800 torcedores que acompanharam

 

penalti

 

 

 

 

torcida-cap-1

 

No jogo-treino disputado neste sábado, 04 de janeiro contra o Carmelitano, de Monte Carmelo, o Clube Atlético Patrocinense não economizou: venceu por 6 a 1. Mais de 800 torcedores compareceram para acompanhar o Patrocinense. 

 

O time Grená se prepara para estreia no Campeonato Mineiro, marcada para dia 22 de janeiro diante do Villa Nova no estádio Pedro Alves do Nascimento. Foi a primeira CAP em casa na pré temporada. 

 

A partida foi bastante movimentada. O técnico Thiago Oliveira voltou a testar todos seus jogadores. No primeiro tempo, o Patrocinense jogou com a seguinte formação: Thiago Passos, Rodney, Betão, Alisson e Ian Barreto; Marcio César, Davi Oliveira e Giba; Paulo Renê e Jayme. Os gols foram marcados por Giba aos 17 minutos, Jayme aos 24 e Paulo Renê aos 39. 

 

Na segunda etapa, o técnico Thiago Oliveira mudou toda equipe que teve: Matheus, Marcelo, Bruno Leonardo, Felipe Gregori e Pedro Rosa; Thiago Lima, Léo Costa, Igor (Júlio Pacato) e Iago (Daniel); Rafael Gladiador (Pedrinho) e Chico. Fizeram os gols na segunda parte: Rafael Gladiador aos 18 minutos, Thiago Lima cobrando pênalti aos 20 e Júlio Pacato aos 28. O gol de honra do Carmelitano foi marcado pro Dener aos 44 minutos.

 

massoterapeuta

Momento de solidariedade com o adversário: massoterapeuta do CAP, Albert Segato, foi aplaudido pela torcida ao carregar atleta adversário lesionado. 

 

Um lance que chamou a atenção, que não estava previsto, foi o atendimento a um jogador lesionado do Carmelitano. O atleta foi atendido pela equipe médica do CAP e foi carregado para foram do gramado pelo massoterapeuta do clube grená, Albert Segato, sendo muito aplaudido pela torcida.

 

 torcedor

O tocedor Tim e seu filho Felipe, acham que este é o melhor time do CAP depois da volta em 2016

 

O CAP faz mais dois testes antes da estreia. Joga no sábado, 11 de janeiro em Paracatu contra o Unai e no dia 15, uma semana antes do primeiro jogo oficial, faz amistoso no estádio Pedro Alves contra o Mamoré de Patos de Minas que vai disputar o Módulo Dois do estadual.

 

thiago-oliv-

Thiago Oliveira considerou bom o desempenho, mas minimizou a questão da goleda

 

ANÁLISE. Thiago Oliveira considerou bom o desempenho, mas minimizou a questão da goleda. De acordo com o técnico do Patrocinense "o mais importante pra mim foi a organização. As jogadas estão começando a sair. Temos que melhorar muita coisa ainda, do que eu quero para o campeonato, mas para esse jogo só fizemos dois treinos após a volta do recesso de fim de ano, mas o caminho é esse, parabéns aos jogadores. Esperamos continuar essa evolução para a estreia do Mineiro", analisou. 

 

Os jogadores do CAP ouvidos pela Rede Hoje e Rádio Capital FM, foram na mesma linha do comandante: "ainda estamos nos preparando e não esqueçamos que o Carmelitano, embora com muito brio, é uma equipe amadora, por isso não devemos nos empolgar", disse Mário César, experiente volante grená.

 

Créditos: Rede Hoje


Em entrevista à Rádio Capital 107,3 e ao Dianews.com.br, o secretário Municipal de Obras, Jorge Marra informou que nos próximos dias o serviço de tapa-buracos voltará a ser realizado na cidade. Ele sabe dos problemas que as chuvas tem causado nas ruas de Patrocínio e afirmou que neste ano os pontos em avenidas que tem apresentado problemas com buracos será feito o recapeamento dos pedaços para minimizar o problema.

Sobre o tapa buracos mecanizado nos bairros, como Jorge diz, que é a troca do asfalto que está ruim voltará a acontecer de acordo com o secretário, tão logo a empresa que fornece o material retorne das férias coletivas.

“Vai voltar a partir do dia 10 de janeiro, se não me engano e isso ai a gente vai estar fazendo novamente”, afirmou Marra que lembrou que já foram feitos mais de 30 mil metros de asfalto e para este ano, a intenção é levar esse serviço nos bairros que não foram atendidos.

 

Créditos: DiaNews


O rompimento de uma adutora próximo a Avenida da Faculdade obrigou o DAEPA a fazer uma intervenção de emergência no local.

O serviço começou agora e deve durar toda a tarde desta segunda (06).

Segundo o superintendente da autarquia, Ronaldo Correia de Lima, o abastecimento de água nos bairros Dona Diva, Morada Nova, Jardim Sul e Explanada estará comprometido.

 

Ele pede que os moradores economizem o precioso líquido no decorrer desse período.

 

Créditos: MaisUmOnLine

A partir deste ano, o Ministério da Saúde, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), amplia o público prioritário das vacinas contra a gripe (influenza) e febre amarela. As crianças de 4 anos de idade tomarão um reforço contra a febre amarela. Antes, elas eram imunizadas somente aos 9 meses de vida. Já a vacina da gripe, que era destinada a idosos acima dos 60, agora também será aplicada em pessoas a partir de 55 anos.

O objetivo da ampliação é elevar o público prioritário, beneficiando um maior número de pessoas e buscando reduzir internações e óbitos decorrentes das doenças. A necessidade ou não de doses de reforço de alguns imunobiológicos é fundamentada em estudos que avaliam a resposta do organismo, conforme faixa etária e vacina.

A vacina contra a febre amarela para crianças de 4 anos fará parte do Calendário Nacional de Vacinação e a previsão é de que esteja disponível em todo o estado a partir desta quinta-feira (2/1). Já a vacina contra a gripe será oferecida durante o período de campanha, que deve ocorrer em abril de 2020.

Em Minas Gerais, a estimativa é de que 261.657 crianças recebam a dose de reforço para a febre amarela. Contra a gripe, a população entre 55 e 59 anos é de 932.781.

 

Agência Minas/DiaNews